domingo, 22 de agosto de 2010

"Ouça: respeite mesmo o que é ruim em você - respeite sobretudo o que
imagina que é ruim em você - não copie uma pessoa ideal, copie você
mesma - é esse seu único meio de viver. Juro por Deus que, se houvesse
um céu, uma pessoa que se sacrificou por covardia ia ser punida e iria
para um inferno qualquer. Se é que uma vida morna não é ser punida por
essa mesma mornidão. Pegue para você o que lhe pertence, e o que lhe
pertence é tudo o que sua vida exige. Parece uma vida amoral. Mas o que é
verdadeiramente imoral é ter desistido de si mesma."

(Clarice Lispector)


A Clarice está tão certa e eu tenho escolhido um caminho tão errado que me assusta.

Um comentário:

Alex disse...

Sem dúvida, um grande conselho para todos nós. Sermos autênticos, sermos quem realmente somos apesar de parecermos ridículos. E espero que você encontre seu verdadeiro caminho.

Grande abraço.